Publicidade
Publicidade - Super banner
Empresas
enhanced by Google
 

Importações de soja da China devem crescer no 4º trimestre

Cingapura, 22 - As importações de soja da China entre outubro e dezembro devem aumentar para 16 milhões a 17 milhões de toneladas, ante 14 milhões de toneladas estimadas inicialmente para o período, de acordo com executivos de tradings e analistas

AE |

selo

Cingapura, 22 - As importações de soja da China entre outubro e dezembro devem aumentar para 16 milhões a 17 milhões de toneladas, ante 14 milhões de toneladas estimadas inicialmente para o período, de acordo com executivos de tradings e analistas. Segundo eles, a elevação do yuan, o aumento das margens de processamento e do consumo de carne e ração animal estão puxando a demanda pela oleaginosa no país, maior importador mundial. "Tomando como base a agenda de embarques e transações das esmagadoras e tradings, as importações deste último trimestre do ano podem ficar em 17 milhões de toneladas, disse um analista de Xangai. Vários traders consultados citaram importações acima de 16 milhões de t. No início desta semana, os estoques de soja dos principais portos da China foram estimados em 6 milhões de toneladas, 200 mil t mais que na semana anterior, segundo relatório da consultoria Beijing Orient Agribusiness Consultant Ltd.. O lucro no processamento estava em torno de 470 yuans (US$ 70,46) por tonelada na semana passada para a oleaginosa importada e 490 yuans/t (US$ 73,46) para a soja doméstica. "As importações anuais na casa das 50 milhões de toneladas são sustentáveis porque o aumento do consumo de carne é a força que está por trás da demanda por esses grãos", disse Zhang Xiaoping, diretor para a China da Associação Americana de Soja. As informações são da Dow Jones.

Leia tudo sobre: ECONOMICOECONOMIA

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG