São Paulo, 2 - O Brasil exportou 2,203 milhões de sacas de 60 quilos de café no mês de julho, 14,7% mais que as 1,920 milhão de sacas embarcadas em junho

selo

São Paulo, 2 - O Brasil exportou 2,203 milhões de sacas de 60 quilos de café no mês de julho, 14,7% mais que as 1,920 milhão de sacas embarcadas em junho. Os dados foram divulgados hoje pelo Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC) e consideram 22 dias úteis. Na comparação com julho de 2009 também houve crescimento. Naquele mês as exportações de café somaram 1,934 milhão de sacas. O preço médio do café exportado também subiu. Em julho foi de US$ 163 a saca de 60 quilos, ante US$ 151,5/saca em junho e US$ 134/saca em julho do ano passado. Com isso, a receita obtida com as exportações de café no mês que passou foi de US$ 359,3 milhões, 23% maior que a de junho, quando as vendas somaram US$ 291 milhões. Em julho de 2009 a receita com as exportações de café totalizou US$ 259,6 milhões. Citros A receita com as exportações de suco de laranja cresceu 29% em julho na comparação com junho e 8% ante o mesmo mês do ano passado. Segundo os dados do MDIC, as vendas somaram US$ 144,3 milhões no mês passado, sendo que em junho foram de US$ 111,9 milhões e em julho de 2009 de US$ 133,4 milhões. O volume embarcado cresceu na comparação com junho - 170,4 mil toneladas ante 128,6 mil t - mas caiu frente as 175,5 mil toneladas exportadas em julho de 2009. O preço médio do suco de laranja embarcado é mais alto este ano. Em julho foi de US$ 846,8 a tonelada enquanto que em julho de 2009 foi de US$ 760,1/t. Mas caiu na comparação com junho deste ano, quando o preço médio do produto exportado foi de US$ 870,1 a tonelada. O Brasil é o maior produtor e exportador mundial da commodity.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.