Ribeirão Preto, 21 - O secretário de Agricultura do Estado de São Paulo, João Sampaio, afirmou hoje à Agência Estado que convocará uma nova reunião para a avaliação do Consecitrus na primeira semana de outubro e que as discussões terão necessariamente de avançar no encontro

selo

Ribeirão Preto, 21 - O secretário de Agricultura do Estado de São Paulo, João Sampaio, afirmou hoje à Agência Estado que convocará uma nova reunião para a avaliação do Consecitrus na primeira semana de outubro e que as discussões terão necessariamente de avançar no encontro. "Avançar significa que pelo menos teremos uma minuta de um estatuto do Consecitrus e quem não concordar não deverá participar", disse Sampaio. Previsto para ser formado entre as companhias produtoras de suco de laranja e citricultores, o conselho seria criado para determinar regras para a remuneração da fruta entregue às indústrias. Após vários meses de discussões entre os dois lados, produtores conseguiram retardar a elaboração de um estatuto sobre o Consecitrus. Há cerca de dois meses não acontecem reuniões formais sobre o assunto. No último dia 17 de agosto, durante um encontro informal na Sociedade Rural Brasileira (SRB), citricultores pediram ainda mais tempo para avaliar a formação do conselho. Além disso, os produtores propuseram a Sampaio, mediador das negociações, a apresentação de um estudo com o processo de construção dos custos de produção para ser considerado nos cálculos do preço pago pela fruta entregue ao processamento. Já a indústria contratou consultorias para fazer a desconstrução dos custos desde o consumidor até as fazendas. "Só que nenhum dos lados apresentou ainda esses custos", afirmou o secretário. A indústria é representada nas discussões pela Associação Nacional dos Exportadores de Sucos Cítricos (CitrusBR), entidade que reúne as quatro maiores processadoras do País. Já os produtores, além da SRB, têm como representantes a Federação da Agricultura do Estado de São Paulo (Faesp) e Associação Brasileira de Citricultores (Associtrus). Com o próximo encontro em outubro, mais um prazo para o fim das negociações previsto pelo secretário de agricultura será expirado, já que setembro era justamente quando Sampaio estimava que a formação do Consecitrus fosse finalizada. Agora, Sampaio espera finalizar um acordo ao menos até o encerramento do seu mandato na Pasta, em dezembro.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.