Brasília, 29 - O Conselho Monetário Nacional (CMN) estabeleceu hoje em 3,5% a alíquota do prêmio de seguro para as culturas de citros (laranjas, tangerinas, limas ácidas, limões, pomelos e toranjas) e pupunha

selo

Brasília, 29 - O Conselho Monetário Nacional (CMN) estabeleceu hoje em 3,5% a alíquota do prêmio de seguro para as culturas de citros (laranjas, tangerinas, limas ácidas, limões, pomelos e toranjas) e pupunha. De acordo com o gerente executivo da área agrícola do Banco Central (BC), Deoclesio Pereira de Souza, esta taxa já é usada para outras culturas permanentes, como o café. "A partir deste voto, os produtores poderão se beneficiar com recursos no valor de até R$ 150 mil", explicou. No mesmo voto, o CMN aprovou a inclusão dessas lavouras no Programa de Garantia de Atividade Agropecuária (Proagro). Para quem está neste programa, a alíquota adicional ficou em 2%. "Isso foi possível porque o Ministério da Agricultura concluiu o zoneamento agrícola para esses tipos de culturas", disse Souza.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.