Islamabad, 24 - Inundações no Paquistão devastaram cerca de 20% das áreas agrícolas do país, ou 1,93 milhão de acres (776

selo

Islamabad, 24 - Inundações no Paquistão devastaram cerca de 20% das áreas agrícolas do país, ou 1,93 milhão de acres (776.996 hectares), gerando prejuízos de US$ 2,8 bilhões, informou hoje o Ministério de Alimentação e Agricultura em um comunicado. Fortes chuvas de monção reduziram em mais de 25% a estimativa da produção local de arroz e em 16% a de algodão, segundo o documento. Vastas áreas ficaram submersas, com quatro distritos na província de Sindh destruídos, 200 mil pessoas prejudicadas e pelos 1.500 mortos. A safra de arroz deve cair 1,6 milhão de toneladas, para 4,35 milhões de toneladas, conforme mais de 25% das lavouras foram arruinadas. As enchentes afetaram também 18% da área dedicada ao plantio de algodão, ou 59 mil acres, destruindo cerca de 2,25 milhões de fardos de 170 quilos cada. A produção da fibra recuará para 11,76 milhões de fardos, ante 14 milhões de fardos previstos pelo ministério no início da temporada. O cultivo de cana-de-açúcar também foi alvo das inundações, com 7,65 milhões de toneladas destruídas, o equivalente a 14% da safra doméstica. As informações são da Dow Jones.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.