Morre quarta vítima da explosão na Heineken

Por iG São Paulo |

compartilhe

Tamanho do texto

Aparecido Agostinho, de 52 anos, havia sido transferido para o hospital Albert Einstein nesta tarde

Morreu hoje (30), Aparecido Agostinho de 52 anos, quarta vítima da explosão na na cervejaria Heineken, em Jacareí, interior de São Paulo.

Local onde ficava a caldeira que explodiu na fábrica da Heineken, em Jacareí (SP)
Corpo de Bombeiros da PMESP
Local onde ficava a caldeira que explodiu na fábrica da Heineken, em Jacareí (SP)


De acordo com o Sindicato dos Trabalhadores da Alimentação, Aparecido havia sido transferido na tarde de hoje da Santa Casa de São José dos Campos para o hospital Albert Einstein de São Paulo. Ele teve 90% do corpo queimado e não resistiu aos ferimentos.

Aparecido era irmão de Altamiro Agostinho, que morreu no momento da explosão da caldeira na cervejaria. Ambos eram trabalhadores terceirizados da Heineken e faziam manutenção na caldeira.

O acidente ocorreu por volta das 10h30 de quinta-feira (28), com a explosão de uma caldeira na unidade que fica na Avenida Presidente Humberto de Alencar Castello Branco, em Jacareí.

Leia tudo sobre: explosãocaldeiracervejariaheinekenmorte

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas