BC decreta liquidação do Banco Azteca por riscos a credores

Por Agência Brasil | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Instituição financeira de pequeno porte era autorizada a operar carteiras comercial e de crédito, financiamento e investimento

Agência Brasil

O Banco Central (BC) decretou nesta sexta-feira (8), a liquidação do Banco Azteca do Brasil S.A., com sede no Recife. Os motivos foram o comprometimento da sua situação econômico-financeira, a violação de normas legais e regulamentares e a ocorrência de prejuízos, sujeitando os credores a risco anormal.

Segundo o BC, o Banco Azteca é instituição financeira de pequeno porte, autorizada a operar as carteiras comercial e de crédito, financiamento e investimento. Possui apenas uma agência e detém 0,0005% dos ativos do sistema financeiro e 0,0009% dos depósitos.

Cerca de 68% do total dos depósitos do Banco Azteca do Brasil contam com garantia do Fundo Garantidor de Créditos (FGC), informou o BC.

“O Banco Central está tomando todas as medidas cabíveis para apurar as responsabilidades, nos termos de suas competências legais de supervisão do sistema financeiro”, acrescentou o BC, em nota.

Leia tudo sobre: bancosliquidaçãoBanco Azteca

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas