Grupo que promove festival Cannes Lions compra feira brasileira de educação

Empresa i2i, divisão do Top Right Group, adquiriu a feira Educar Educador. Meta do grupo inglês é trazer cinco eventos em 2014 e gerar receita de R$ 40 milhões em três anos

Marília Almeida - iG São Paulo |

A  i2i, divisão do grupo britânico Top Right, que promove o festival de empresas da área de publicidade Cannes Lions, anunciou nesta quarta-feira (22) a primeira aquisição no Brasil ao comprar a Feira Educar Educador, realizada pela Futuro Eventos, especializado no segmento. O grupo, de capital fechado, não revela o valor do negócio.

Divulgação
Mark Shashoua, CEO da i2i: atração pelo crescimento e potencial do segmento no País

É a segunda maior aquisição realizada pela i2i no mundo. A maior foi a do alemão CWIEME, feira do segmento de tecnologia para manufaturas, que o grupo já levou para mais três países e pretende trazê-lo para o Brasil no ano que vem.

A Educar ocupará na edição deste ano, que começa nesta quarta-feira (22) no Centro de Exposições Imigrantes, em São Paulo, uma área de 25 mil metros quadrados, com expectativa de 200 empresas expositoras e público superior a 15 mil visitantes. A feira é a maior do gênero na América Latina e servirá como porta de entrada para a região.

Com a aquisição, a i2i consegue trazer para a América Latina a Bett, nome da sua feira de educação sediada em Londres. A previsão é de que o evento brasileiro cresça 35% em 2013, quando o novo dono já estará no comando. "Serão 2.800 metros quadrados de área construída", diz Marcos Melo, diretor da Futuro Eventos, que continuará na gestão do evento.

A compra da Educar acontece em um momento no qual o evento atrai um maior número de empresas estrangeiras. Este ano, serão três pavilhões, com cerca de 15 expositores, entre órgãos governamentais e empresas da Alemanha, Coreia do Sul e China. "Agora poderemos internacionalizar o evento de forma definitiva. No ano que vem, poderemos ter um pavilhão francês, italiano e reforçar o sul-coreano", diz Melo.

A previsão de Melo tem chance de se confirmar com a força internacional de vendas da Bett, que já tem escritórios na China, Cingapura, Estados Unidos e Europa, além de parceiros como Microsoft e Dell. "Todos estes escritórios terão como foco trazer clientes para a América Latina. E ajudá-los, inclusive com detalhes da viagem, porque não é fácil trazê-los para cá", diz Mark Shashoua, CEO da i2i.

Dessa forma, será possível acelerar a introdução delas no mercado, diz o executivo. "Fica mais fácil para elas e para as companhias locais, que não precisarão andar pelo mundo para se apresentar para as estrangeiras. Elas virão para cá", completa Shashoua.

Divulgação
Pavilhão Alemão na Educar: negócio quer acelerar atração de empresas estrangeiras

O Brasil foi o mercado prioritário entre os emergentes, nos quais a Bett deve chegar nos próximos anos, com base em uma pesquisa que aponta que o mercado de educação deve movimentar US$ 229 bilhões até 2017. "Isso significa praticamente o dobro dos negócios registrados em 2012", diz o executivo. 

Chamou a atenção do grupo a extensa rede de relacionamentos da Futuro Eventos no País. Melo aponta que as empresas estrangeiras podem complementar o mercado, principalmente no ensino técnico e profissionalizante, além de contribuir com a melhoria da qualidade da educação no ensino privado e público. "Temos hoje falta de mão de obra técnica, e  de uniformidade em projetos pedagógicos na área pública". O desafio, diz Melo, é abrir um canal de comunicação com as três esferas governamentais. 

Perfil e objetivos 

O CEO estima que o faturamento da divisão no Brasil deva atingir R$ 40 milhões nos próximos três anos. "Será equivalente à metade do faturamento do grupo no País".

O Top Right Group abriu um escritório de vendas para a América Latina, em São Paulo, no dia 9 de maio. O contrato com a Futuro Eventos foi fechado um dia antes, após seis meses de negociação. 

A i2i tem como foco em eventos segmentados, e irá mantê-lo, com algumas adaptações, no Brasil. "Não queremos grandes eventos. Preferimos reproduzir eventos em segmentos nos quais já temos uma rede de relacionamentos maior", diz Shashoua. 

Mais feiras

o i2i trará mais dois eventos para o País este ano, ambos em parceria locais: o World Retail Congress, no segmento de varejo, com a GS&MD; e o RNW, de soluções em gestão de recursos e resíduos, com a Abrelpe. Ambos serão realizados em outubro.

Em 2014, o grupo pretende trazer mais dois eventos, um deles o CWIEME, que já tem edições em Berlim, Índia, Estados Unidos e China. Todos mercados em ascensão na região.

"Posteriormente, queremos trazer um evento na área de moda. Estamos fazendo alguns na Inglaterra, e esperamos levar para outros mercados", diz Shashoua. Os investimentos, diz, estão apenas começando. 


    Leia tudo sobre: feiraEducarcomprai2iCannesTop RighteventosmercadonegóciosempresasFuturoEventoseducação

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG