Tamanho do texto

Discussões aconteceram nos últimos meses e acordo daria à fabricante do iPhone e do iPad presença na área de redes sociais, amplamente dominada pelo Facebook

Apple, do CEO Tim Cook, já tem o Twitter integrado ao iOS, sistema operacional do iPhone e do iPad
AP
Apple, do CEO Tim Cook, já tem o Twitter integrado ao iOS, sistema operacional do iPhone e do iPad

A Apple manteve discussões nos últimos meses sobre a possibilidade de investir centenas de milhões de dólares no Twitter e ganhar presença nas redes sociais, segundo reportagem do jornal norte-americano The New York Times.

A fabricante do iPhone e do iPad, que nunca se envolveu seriamente na área de mídias sociais dominada pelo Facebook, chegou a considerar um investimento que avaliaria o serviço de microblogs em US$ 10 bilhões (R$ 20 bilhões), mas os lados não estão mais em negociação, relata o jornal.

A Apple se recusou a comentar o assunto. O Twitter não respondeu aos pedidos para comentar o negócio, o que segundo o jornal, pode ser um presságio da aproximação entre as duas empresas.

A Apple costuma adquirir tecnologias comprando empresas novatas (startups) ou pequenas, mas na sexta-feira anunciou acordo para compra da AuthenTec, que atua no segmento de segurança móvel, por US$ 356 milhões.

O Twitter é um fenômeno na internet com mais de 140 milhões de usuários que “tuítam” mensagens de 140 caracteres e já está integrado nos smartphones e tablets da Apple.

O The New York Times não questionou suas fontes por que a empresa de tecnologia mais valiosa do mundo, famosa pelo design de dispositivos, estaria interessada em comprar uma fatia da empresa incipiente na Internet.

Executivos do Twitter dizem não ter pressa para conseguir mais financiamento, seja no mercado privado ou aberto, uma vez que eles têm “caminhões” de dinheiro. Mas a empresa, uma vez vista como candidata promissora a uma oferta pública inicial de ações, tem se esforçado para gerar receita a partir do enorme volume de mensagens que hospeda.

    Leia tudo sobre: facebook
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.