Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Empresas europeias lideraram fusões e aquisições no Brasil

SÃO PAULO - A Europa foi a principal origem e também o destino preferido das operações de fusões e aquisições feitas no ano passado envolvendo empresas brasileiras. Conforme levantamento da Associação Nacional de Bancos de Investimento (Anbid) nas operações em que empresas brasileiras foram compradas por estrangeiras - que representaram 12,2% do volume total (R$ 100,4 bilhões) de 2008 - 70,4% das empresas eram europeias e apenas 13,4% eram americanas.

Valor Online |

Na ponta inversa, quando as brasileiras foram às compras lá fora - casos que representaram 12,1% do movimento no ano passado - os alvos foram europeus em 61,6% das operações e 38,4% eram americanos.

Seja como for, em ambas as situações houve recuo de operações perante 2007. Naquele ano as aquisições de estrangeiras por empresas brasileiras somaram 19% do total anual de transações. No caso de companhias locais compradas por estrangeiras a fatia em 2007 foi de 21,3%.

Em contrapartida, as operações de fusões e aquisições entre empresas brasileiras, que somaram 73,1% do total em 2008, representam em 2007 apenas 25,6% do total.

Em número de operações, a distribuição foi similar. Das 94 transações do tipo, 55 foram de brasileiras com brasileiras, 14 de brasileiras que compraram estrangeiras e 12 de estrangeiras que compraram companhias locais. Outros 3 casos foram fechados entre empresas estrangeiras, mas com empresas alvo no Brasil.

As europeias responderam por 42,8% das aquisições de empresas brasileiras e foram alvo em 75% dos casos de compras de estrangeiras por brasileiras.

(Valor Online)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG