Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Empresas do País investem US$ 4 bi no exterior

O chefe do Departamento Econômico do Banco Central, Altamir Lopes, informou ontem que o Investimento Brasileiro Direto (IBD), aquele realizado por companhias nacionais em outros países, somou US$ 4,18 bilhões em fevereiro, recorde para o mês. No bimestre, a cifra atingiu US$ 5,42 bilhões, outra marca histórica.

Agência Estado |

O forte resultado coincide com a finalização da compra da americana Pilgrim’s Pride pela brasileira JBS. Em fato relevante, o frigorífico afirma que o negócio envolveu US$ 800 milhões em dinheiro para a aquisição do controle acionário e o pagamento de US$ 2 bilhões em dívidas para retirar a empresa estrangeira da concordata.

Com o bom desempenho recente do IBD, que reflete a volta do processo de internacionalização das empresas brasileiras interrompido pela crise internacional, o BC triplicou a previsão de investimento brasileiro no exterior em 2010, de US$ 5 bilhões para US$ 15 bilhões.

Ao mesmo tempo em que o País avança neste processo de internacionalização, a China deixou de ser apenas um fornecedor de mercadorias para começar a ser um investidor no mercado brasileiro. Em fevereiro, o gigante asiático foi a terceira maior fonte de investimento produtivo no Brasil, com US$ 354 milhões.

Segundo relatório do BC, essa foi a primeira vez que o capital chinês surgiu como fonte relevante de Investimento Estrangeiro Direto (IED). Até janeiro passado, o país nem sequer aparecia nesse ranking.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG