Bruxelas, 15 out (EFE).- As empresas da União Européia (UE) superaram às dos Estados Unidos no aumento de seu investimento em Pesquisa e Desenvolvimento (P&D) pela primeira vez em cinco anos, segundo um estudo divulgado hoje pela Comissão Européia (órgão executivo do bloco europeu).

O investimento nesta parte aumentou 8,8% nas empresas da UE em 2007, frente ao 8,6% nas americanas, segundo o relatório anual elaborado pelo Executivo europeu.

O comissário de Ciência e Pesquisa da UE, Janez Potocnik, reconheceu que parte do aumento deste tipo de investimento por parte das empresas européias foi feita fora da UE, onde a parte privada do investimento em P&D continua de 1% do PIB.

"Devemos continuar nossos esforços para fazer da Europa um lugar mais atraente para a P&D empresarial", disse Potocnik, em comunicado.

Três empresas da UE estão entre as dez companhias mundiais com maior investimento em P&D: a Nokia (5º lugar, com 5,3 bilhões de euros), a Volkswagen (9º lugar, com 4,9 bilhões de euros) e a Daimler (10º lugar, com 4,88 bilhões de euros).

A Microsoft continua à frente das empresas que mais investem em P&D, com 5,583 bilhões de euros.

No conjunto da economia mundial, o aumento dos investimentos em P&D diminuiu ligeiramente, ao passar de 10% para 9% durante o último ano.

Na UE, o número de 8,8% foi alcançado após um aumento com relação ao 7,4% do ano anterior. EFE rcf/an

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.