Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Empresas aéreas perderão US$ 5 bi neste ano e US$ 2,5 bi em 2009

Genebra, 9 dez (EFE).- As companhias aéreas perderão US$ 5 bilhões neste ano e mais US$ 2,5 bilhões em 2009, o pior cenário dos últimos 50 anos, alertou hoje a Agência Internacional do Transporte Aéreo (Iata).

EFE |

Segundo os dados revelados hoje pela instituição, as perdas para o ano que finaliza ficarão em US$ 5 bilhões, representando uma ligeira melhora em relação às perspectivas de setembro, quando se fixaram as perdas em US$ 5,2 bilhões.

A indústria do transporte aéreo obterá receita no próximo ano de US$ 501 bilhões, uma queda de US$ 35 bilhões em relação ao que ganhará ao final de 2008.

Esta queda é a primeira desde os dois anos de declínio consecutivo que atingiu o setor em 2001 e 2002.

Além disso, o tráfego de passageiros cairá 3% no ano que vem , apesar do crescimento de 2% registrado em 2008.

O transporte de carga também sofrerá forte queda, de 6 %.

Uma das poucas boas notícias das previsões para o próximo ano realizadas pela Iata é sobre o custo do combustível.

Segundo os cálculos da instituição o preço do petróleo se manterá em uma média de US$ 60 por barril (Brent), o que significará um gasto de US$ 142 bilhões.

Este montante representará uma economia de US$ 32 bilhões a respeito da conta para este ano, quando o petróleo ficou, em média, em US$ 100 por barril. EFE mh/jp

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG