A principal confederação patronal britânica previu nesta segunda-feira uma contração de 3,3% do Produto Interno Bruto (PIB) da Grã-Bretanha este ano e uma explosão dos gastos públicos, que pode elevar o déficit público a 11,8% no próximo ano.

A 'Confederation of British Industry' (CBI) revisou assim a previsão anterior, de setembro, que apostava em uma contração de 1,7% do PIB em 2009.

A CBI calcula que a economia britânica retrocederá 4,5% no conjunto dos 18 meses que deve durar a recessão, que começou no terceiro trimestre de 2008.

O número de desempregados deve chegar 2,9 milhões no fim de ano e pouco mais de três milhões, 9,65% da população ativa, no segundo trimestre de 2010.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.