Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Empresa compra 36 veículos

Embora considere injustas as medidas de restrição aos caminhões, o diretor-presidente da Braspress, Urubatan Helou, gastou R$ 4 milhões na compra de 36 novos veículos de pequeno porte, na contratação de mais 100 funcionários e no treinamento desse pessoal. O grupo, dono de uma frota de 954 veículos - 238 deles em São Paulo -, transporta confecções, calçados, computadores e autopeças e tem 50% dos negócios concentrados na área de restrição.

Agência Estado |

"O problema do trânsito já era uma tragédia anunciada, mas nada foi feito", reclama Helou. "Os caminhões representam apenas 4,8% da frota paulista e não podem ser responsabilizados sozinhos pelos congestionamentos." Até porque, em sua opinião, a medida não é eficaz. "Quem trabalhava com um caminhão que transporta 6 toneladas precisa de dois para transportar a mesma carga, e isso atrapalha mais o trânsito."

A Braspress escolheu as camionetes HR, produzidas pela Hyundai/Caoa em Anápolis (GO). Segundo a montadora, nos oito meses do ano passado em que o veículo foi produzido no País foram vendidas 2.913 unidades. Este ano, de janeiro a agosto, já foram 6.155 unidades.

Os pedidos cresceram nos últimos meses, informa o grupo Caoa. Em maio foram entregues 832 HR, em junho 1.063, em julho 1.147 e em agosto manteve-se ritmo parecido ao do mês anterior. Nos mesmos meses de 2007, as vendas foram de 162 unidades em maio, 268 em junho, 314 em julho e 317 em agosto.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG