Entre janeiro e julho, emprego no setor teve alta de 7,15%, com a geração de 167.500 novos postos de trabalho

O emprego na indústria paulista cresceu pela terceira vez seguida em julho, abrangendo mais setores do que no mês anterior, informou a Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) nesta quarta-feira.

A expansão foi de 0,4% em julho ante junho, segundo dados com ajuste sazonal, o equivalente à abertura de 12.500 vagas. Sem ajuste, houve alta de 0,5%.

Dos 22 setores pesquisados, 17 reportaram aumento das contratações em julho e 5 relataram mais demissões. Em junho, 15 haviam contratado mais, 3 haviam demitido e 4 mantiveram o nível de emprego.

Em termos percentuais, os destaques de julho foram os segmentos de equipamentos de informática, produtos eletrônicos e ópticos, com avanço de 1,9 % sobre junho, seguido pelo de produtos diversos, com alta de 1,8%, e o de produtos de madeira, com aumento de 1,5%.

Em números de criação de postos, os destaques foram veículos automotores, reboques e carrocerias, com 2.503 vagas, e o setor de máquinas e equipamentos, com 2.075 postos de trabalho.

Entre janeiro e julho, o emprego industrial registrou aumento de 7,15%, com a geração de 167.500 novos postos.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.