Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Emprego cai 0,1% na zona do euro no terceiro trimestre

SÃO PAULO - O número de pessoas empregadas na zona do euro caiu 0,1% no terceiro trimestre de 2008, com relação ao indicador do trimestre anterior. Segundo dados agência de estatísticas Eurostat, essa queda, ajustada sazonalmente, significa que cerca de 80 mil pessoas da região perderam seus empregos no período. No segundo trimestre deste ano, o emprego tinha apresentado um aumento de 0,2%.

Valor Online |

Os países que apresentaram pior resultado no período foram a Lituânia, com queda de 1,9% no número de pessoas empregadas, a Espanha, com declínio de 0,8% e Portugal, que registrou recuo de 0,7% no indicador.

Já a República Tcheca (+0,4%), a Eslováquia (+1,5%) e a Alemanha (+0,3%), foram os países que apresentaram os maiores aumentos no número de pessoas empregadas no terceiro trimestre.

Na União Européia como um todo, o índice de emprego ficou estável com relação ao segundo trimestre, no qual havia registrado aumento de 0,1%.

A agência de estatísticas estima ainda que, no terceiro trimestre, 226,7 milhões de pessoas estavam empregadas no bloco europeu, dos quais 146,1 milhões eram da zona do euro.

Quando comparado com o mesmo período do ano passado, no entanto, o indicador é positivo. A pesquisa mostra um crescimento de 0,8% de pessoas empregadas na zona do euro e de 0,1% na União Européia.

(Vanessa Dezem | Valor Online)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG