A operadora americana Verizon Wireless informou que alguns de seus funcionários tiveram acesso, sem autorização, à conta do celular do presidente eleito Barack Obama.

"Esta semana soubemos que um certo número de empregados da Verizon Wireless teve acesso e olhou, sem autorização, a conta do telefone celular pessoal do presidente Barack Obama", informou a operadora em um comunicado.

A Verizon Wireless acrescentou que a conta estava inativa há vários meses e que dizia respeito a um celular simples, que não podia receber e-mails ou outros tipos de dados.

"Foi aplicada para todos os funcionários envolvidos uma licença sem salário para se determinar qual foi o papel de cada um", acrescentou a Verizon Wireless, sem informar o número de pessoas envolvidas no caso.

maj/jld/cn

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.