De acordo com dados da Pesquisa Nacional de Saúde divulgada pelo IBGE, atualmente 72,1% dos brasileiros não tem contratados planos de saúde

Brasil Econômico

Rápido, simples e com preço acessível, dessa forma que o recém lançado app Consulta do Bem se apresenta como alternativa para o setor da saúde nas plataformas IOS e Android.  A startup funciona como uma espécie de Airbnb da medicina. Com base no modelo de economia compartilhada, o projeto aposta na parceria ganha-ganha, e gera benefícios tantos para os profissionais de saúde quanto aos usuários.

Consulta do Bem
Divulgação
Consulta do Bem

Para que isso seja possível, o objetivo central é tornar o agendamento de consultas mais eficiente, disponibilizando horários vagos e trazendo novos pacientes para o profissional. Do lado de quem vai ser atendido, o benefício é de ter acesso facilitado e com baixo custo. “Nossa ideia foi criar um mecanismo de mercado em que todos ganhem. De um lado, os pacientes economizam na hora de procurar profissionais de saúde com acesso fácil e rápido à marcação de consultas. Do outro, os profissionais de saúde conseguem novos clientes em horários que antes costumavam ficar vagos, otimizando suas agendas e ganhando mais, algo muito em linha com a lógica da economia compartilhada”, comenta Rafael Morgado, CFO da empresa.

NÃO TER CONVÊNIO MÉDICO DEIXOU DE SER UM PROBLEMA

Consulta do Bem
Divulgação
Consulta do Bem

Segundo dados da Pesquisa Nacional de Saúde do IBGE, atualmente 72,1% dos brasileiros não possuem plano de saúde. Embora esta fração da população seja extremamente relevante para o Consulta do Bem como potencial do negócio, Marcus Vinícius Gimenes, médico cirurgião e CEO da empresa, revela outros objetivos da empresa: "nosso serviço é uma boa alternativa, se compararmos com consultas particulares, geralmente mais caras, ou com o atendimento público de saúde que muitas vezes não oferece a agilidade necessária. O objetivo é oferecer acesso à saúde para a população de forma rápida e fácil”.

O Consulta do Bem não é uma clínica, mas conta com milhares de profissionais de saúde em mais de 500 clínicas cadastradas. A plataforma usa o conceito de proximidade. Tanto o site quanto o aplicativo promovem a interação entre profissionais de saúde e pacientes usando geolocalização para facilitar a busca. Isso permite ao paciente mais comodidade para encontrar o local e horário que melhor se encaixem em sua rota durante o dia. “As pessoas às vezes deixam sua saúde de lado para cumprir obrigações. Para que isso não ocorra, é fundamental ter uma opção que não inclua faltar ou chegar atrasado no trabalho em um momento econômico delicado como o que vivemos”, finaliza Gimenes. O IBGE comprovou que 14,1 milhões de brasileiros deixaram de trabalhar, ir à escola ou realizar alguma atividade porque estavam resfriados, com enxaqueca ou estavam se sentindo doentes.

Para entrar em contato com o Consulta do Bem: SUPORTE@CONSULTADOBEM.COM.BR

WhatsApp (11) 94779-2231

*Antonio Luis, especial para o Brasil Econômico.