Londres, 30 set (EFE).- A ITV, maior rede de televisão comercial do Reino Unido, anunciou hoje a eliminação de cerca de mil empregos como parte de um plano de reestruturação para reduzir custos.

O corte inclui 430 empregados (jornalistas e técnicos de TV) de seu departamento de notícias regionais "ITV News", que diminuirá consideravelmente suas retransmissões.

A "ITV", que tem aproximadamente 5,5 mil funcionários, iniciará a medida "em 2008 e durante os dois primeiros meses de 2009", disse a empresa em comunicado.

"Estamos comprometidos com uma solução de autofinanciamento e auto-ajuda para garantir o futuro da 'ITV'", afirmou o diretor da companhia, John Cresswell, ao ressaltar que a redução de custos contribui para manter o "investimento no Reino Unido".

Do Sindicato Nacional de Jornalistas (NUJ, na sigla em inglês), a dirigente sindical Laura Davison disse que hoje é "um dia muito ruim" para a "ITV", e acrescentou que a organização não descarta a convocação de greves em protesto contra a decisão.

No mês passado, a emissora anunciou perdas líquidas semestrais de mais de 1,5 bilhão de libras (pouco mais de 1,9 bilhão de euros), resultado que atribuiu, entre outros fatores, à queda da receita por publicidade. EFE pa/fh/fal

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.