As emissões de bonos em escala internacinal caíram a seu nível mais baixo desde 2005 no terceiro trimestre de 2008 devido à instabilidade nos mercados financeiros, anunciou neste domingo o Banco de Pagamentos Internacionais (BIS), em seu relatório trimestral.

As emissões líquidas de bonos a médio e curto prazo caíram cerca de trilhão de dólares (858,2 bilhoes de euros), a 247 bilhões de julho a setembro, segundo o "banco central dos bancos centrais", que reagrupa 55 entidades emissoras no mundo e tem sua sede na Basiléia (norte da Suíça).

Por divisas, o euro e o dólar foram os que sofreram a maior contração a médio e longo prazo.

Por país emissor, os Estados Unidos sofreram a maior queda das emissões (de 308 bilhões a 46 bilhões durante esse período).

ale/cn

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.