SÃO PAULO - A Emirates Airlines, de Dubai, assinou cartas de intenção para a compra de 60 aeronaves da fabricante européia Airbus. Pelo acordo, ela deverá adquirir 30 unidades do modelo A350XWB e 30 do A330-300. Considerando os preços de tabela, a transação pode alcançar valor total de US$ 13,45 bilhões.

O acordo foi fechado hoje, durante a entrega do primeiro superjumbo A380 à companhia de Dubai. As cartas foram assinadas pelo presidente do conselho e executivo-chefe da Emirates, xeque Ahmed Bin Saeed Al Maktoum, e pelo presidente e executivo-chefe da Airbus, Tom Enders, no centro de entregas do A380, em Hamburgo, Alemanha.

No último Airshow de Dubai, ocorrido em novembro do ano passado, a Emirates havia acertado a compra de 70 aeronaves A350XWB, com opções para mais 50 unidades. O acordo de hoje representa a transformação de parte dessas opções em pedidos firmes, elevando para 100 o número de A350 adquiridos pela Emirates.

Dubai tem a intenção de atrair 15 milhões de visitantes por ano a partir de 2012 e a Emirates está se preparando com seus planos de expansão, disse o xeque Ahmed. O A350XWB e o A330 permitirão que a Emirates aumente sua operação utilizando aeronaves modernas e eficientes no uso de combustíveis e, em conjunto com o A380, serão peças-chave para que alcancemos nossos objetivos, acrescentou.

A Emirates continua a impressionar com seu ritmo de crescimento. Estamos honrados com a confiança que a Emirates deposita na Airbus e estamos muito felizes que a visão e a inovação que são as marcas registradas do A330, do A350 e de todos os aviões da Airbus possam ajudar a sustentar o crescimento e o sucesso da Emirates, afirmou Enders. Esses pedidos e a entrega do primeiro A380 (à Emirates) fazem desse um dia verdadeiramente notável na história das duas companhias, completou.

(José Sergio Osse | Valor Online)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.