Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Emergentes não podem frear nem acelerar, diz Mantega

O ministro da Fazenda, Guido Mantega, afirmou que a preocupação dos países emergentes é com a retração da economia mundial que virá com a crise financeira, principalmente para exportadores de commodities. No caso do Brasil, disse que é possível haver redução da renda e do emprego.

Agência Estado |

Em entrevista na sede do FMI como presidente do G-20, Mantega acrescentou que os países emergentes "não podem pôr o pé no freio nem no acelerador. Temos de ser prudentes, vamos ter de conviver com menos crédito e juros mais elevados".

Depois do encontro do grupo que reúne países industrializados e em desenvolvimento, Mantega disse ainda não acreditar em nenhuma solução que caminhe para restrição de movimento de capital ou restrição de comércio.

No Brasil, em particular, "não pretendemos colocar o pé no freio da economia. Temos de fazer ajustes, mas estes ajustes não vão no sentido de desacelerar o crescimento". O ministro reiterou que, no caso do Brasil, são menores os efeitos da crise que as economias avançadas estão experimentando.

Mas com a falta crédito, o custo financeiro e a saída de capitais das Bolsas, e aprofundamento da crise, há conseqüências maiores para emergentes, reconheceu. Mantega admitiu que a crise vai levar à redução do nível de crescimento dos países.

"Esperamos crescimento quase zero dos EUA e União Européia para o segundo semestre de 2008 e crescimento pequeno para o próximo. Cabe aos emergentes fazerem políticas anticíclicas para manter certo nível do crescimento mundial e neutralizar a queda do crescimento causado pelos países avançados".

O ministro disse esperar uma "desaceleração moderada" para o Brasil, entre 4% e 4,5%. "Estaremos satisfeitos com esse patamar", afirmou. O País, disse tem condições de enfrentar uma crise como a atual e de substituir o mercado externo por um interno mais vigoroso.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG