A Embratel obteve do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e Recursos Naturais Renováveis (Ibama) licença para operação da fibra óptica que liga os municípios de Manaus (AM) e Porto Velho (RO), em um trecho de 900 quilômetros, no meio da Floresta Amazônica. Os investimentos da operadora desde o início da implantação do cabo óptico totalizam R$ 100 milhões.

Com isso, a empresa pode ampliar a oferta de serviços de telefonia e acesso à internet na região para os mercados corporativo e residencial. De acordo com a Embratel, nos últimos 12 meses foram realizadas quatro expansões do potencial da rede, ampliando a capacidade inicial do cabo óptico, de 768 megabytes por segundo (Mbps), para 2,5 gigabytes por segundo (Gbps).

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.