SÃO PAULO - A Embratel Participações, que controla a operadora Embratel, disse que sua subsidiária pediu autorização à Comissão de Valores Mobiliários (CVM) para emitir R$ 400 milhões em notas promissórias. Com esse dinheiro a empresa pagará um bônus emitido em 3 de dezembro de 2003, que vence no próximo dia 15.

O valor principal da dívida é de US$ 178,75 milhões, acrescido de taxa de juros de 11% ao ano, pagos semestralmente.

De acordo com a companhia, serão emitidas 16 notas a R$ 25 milhões cada uma. O prazo de vencimento será de 180 dias e a remuneração é de 118,5% da variação do CDI.

(Valor Online)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.