SÃO PAULO - A Embraer fechou um acordo para a venda de três aeronaves militares ao governo da Índia. Além dos aviões, a fabricante brasileira vai fornecer treinamento, assistência técnica, peças de reposição e equipamentos de apoio em terra às Forças Armadas indianas. O valor do negócio não foi divulgado.

As aeronaves adquiridas são modelos EMB 145 AEW & C (Airborne Early Warning & Control, ou alerta aéreo antecipado e controle). Esses aviões são utilizados em missões de vigilância, reconhecimento e inteligência. Atualmente, eles já estão em operação no Brasil e no México e, em breve, devem começar a ser utilizados pelo governo da Grécia, em operações para a Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan).

A Embraer tem orgulho de ter o governo da Índia como cliente. Nosso relacionamento começou em 2003, com a compra de cinco aeronaves Legacy para o transporte de autoridades, disse o vice-presidente de Defesa e Governo da Embraer, Luiz Carlos Aguiar. Pelo contrato, o primeiro avião deve ser entregue pela Embraer em 2011 ao governo da Índia.

O EMB 145 AEW & C é equipado com um radar de vigilância aérea de grande potência, além de um sistema de comando e controle entre outros de suporte à missões. Com isso, ele tem capacidade para detectar, rastrear e identificar alvos em sua área de patrulhamento, informações que são repassadas a unidades em terra ou ar para que as medidas de defesa adequadas sejam adotadas.

(José Sergio Osse | Valor Online)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.