SÃO APULO - A Embraer se uniu na noite de sexta-feira ao grupo de empresas que veio a mercado para acalmar seus acionistas e informar que não possui operações alavancadas em derivativos de câmbio.

A empresa disse que utiliza esses instrumentos "exclusivamente com o propósito de proteção dos riscos de variação cambial e flutuação nas taxas de juros, sem qualquer caráter especulativo".

A empresa esclarece que usa contratos de NDF (Non Deliverable Forwards) e swaps de taxas de juros, sem qualquer componente de alavancagem.

A companhia disse também que não tem contratos "em vigor com duplo indexador, nem tampouco contratos de target forwards, e que os volumes contratados estão dentro dos limites estabelecidos pela política de proteção de riscos".

(Valor Online)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.