Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Embraer anuncia reestruturação e enxuga 250 cargos

SÃO PAULO - A Embraer confirmou nesta sexta-feira uma reestruturação no seu quadro de funcionários em posições de gerência e de funções administrativas, que resultou em redução de 250 pessoas na folha de pagamento. A empresa não detalhou os motivos que levaram a essas demissões.

Valor Online |

No informe ao mercado, a companhia indica apenas que continua firme no processo de expansão e melhoria de seus resultados. A empresa também confirma suas previsões de entregas de aeronaves e projeções econômicas divulgadas antes.

O balanço da empresa referente ao segundo trimestre deste ano, divulgado na semana passada, apontou lucro líquido de R$ 176 milhões, o que representa uma alta de 121% sobre o ganho obtido mesmo período de 2007, de R$ 79 milhões. A receita líquida aumentou 23% na comparação trimestral e alcançou R$ 2,69 bilhões.

No primeiro semestre, a empresa entregou 97 aviões, com alta de 59% ante 2007. Para o ano inteiro, a empresa espera entregar entre 195 e 200 jatos, além de 10 a 15 jatos Phenom 100.

Em matéria publicada nesta sexta-feira, o Valor Econômico fala da mudança que a empresa está implementando no seu sistema de produção. A idéia é tornar a linha de produção mais parecida com a usada pela indústria automobilística, dentro do modelo chamado lean, em que se reduz o nível de estoques. Em alguns meses, por exemplo, a empresa terá o seu primeiro robô, encarregado da perfuração das asas do modelo Phenom, a nova aeronave executiva.

Em nota distribuída à imprensa na quinta-feira, a Embraer havia confirmado que haveria ajustes em sua estrutura organizacional afetando posições de gerência e administrativas. A empresa lembrou que este movimento ocorre com relativa freqüência em organizações industriais de grande porte.

Leia tudo sobre: embraer

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG