Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

E-mail na Colômbia recomenda população a sacar dinheiro dos bancos

Bogotá, 18 fev (EFE).- O ministro da Fazenda da Colômbia, Óscar Iván Zuluaga, desmentiu hoje o conteúdo de uma série de e-mails que pedem aos correntistas que, em virtude de problemas decorrentes da crise internacional, retirem seu dinheiro dos bancos.

EFE |

Zuluaga, que acusou os autores das mensagens de promoverem o pânico financeiro e anunciou sanções a todos os responsáveis, recomendou aos colombianos que ignorem os e-mails e não os passem adiante.

Além disso, o ministro ressaltou que o sistema financeiro colombiano é sólido.

As polêmicas mensagens dizem que, devido à crise financeira internacional, as autoridades econômicas planejam aplicar uma espécie de "corralito financeiro", como o que foi adotado na Argentina em 2001 e que restringiu os saques bancários.

"Quero ser enfático ao país e reiterar que o sistema financeiro tem uma altíssima solidez e nos dá uma grande tranquilidade", disse Zuluaga em entrevista coletiva.

O ministro acrescentou que "não existe nenhuma possibilidade, nem remota, de ocorrer um fato como o mencionado nos e-mails mal-intencionados que circularam nos últimos dias".

"Quero alertar os cidadãos: aqueles que replicam e reenviam estes e-mails podem ser enquadrados no crime de pânico econômico e estarão sujeitos a rastreamentos e a investigações rigorosos", afirmou Zuluaga. EFE gta/sc

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG