Tamanho do texto

SÃO PAULO - A rodada final de votação na Câmara americana confirmou a rejeição do plano de US$ 700 bilhões proposto pelo governo Bush para resgatar o sistema financeiro. O placar foi de 205 votos a favor e 228 contra a iniciativa que previa permissão para o Tesouro comprar títulos podres hoje em poder dos bancos.

A apuração preliminar tinha apontado 226 votos contrários à proposta e 207 favoráveis. Depois disso, os líderes partidários tiveram tempo para convencer outros congressistas a mudar de opinião. Apenas dois mudaram, e passaram do voto favorável para o contrário.

A maior parte dos votos contra o pacote partiu do Partido Republicano, o mesmo do presidente George W. Bush, que está em final de mandato.

(Valor Online, com agências internacionais)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.