Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Em recessão, Espanha sofre maior queda do PIB em 15 anos

Por Andrew Hay MADRI (Reuters) - A economia da Espanha registrou em 2008 a mais acentuada queda da atividade em 15 anos, jogando o país em uma recessão pela primeira vez desde 1993, à medida em que a crise financeira desmantelou o boom do setor de construção e os gastos dos consumidores.

Reuters |

A Espanha foi o primeiro grande país da zona do euro a publicar os dados sobre o Produto Interno Bruto (PIB) dos últimos três meses de 2008 e a contração de 1 por cento registrada entre o terceiro e o quarto trimestres ficou levemente melhor do que o projetado por analistas consultados pela Reuters, que esperavam uma queda de 1,1% do PIB espanhol.

Ainda assim, essa foi a retração mais acentuada desde o primeiro trimestre de 1993 e se seguiu a uma queda de 0,3% do PIB no terceiro trimestre de 2008. Os recuos colocam a Espanha ao lado de Alemanha, Itália e Grã-Bretanha entre os países já em recessão.

"Nós esperamos queda ainda mais acentuadas na primeira metade deste ano, de até 2,2% na comparação anual. Nós ainda estamos longe do fundo do poço", afirmou Jose Luiz Martinez, estrategista do Citi.

O instituto de estatísticas espanhol informou que na comparação anual o PIB do país encolheu 0,7% , também levemente melhor do que a queda de 0,8 % estimada por economistas, mas ainda assim o pior resultado desde o segundo trimestre de 1993.

A economia da Espanha, a quarta maior da zona do euro, cresceu apenas 1,2% em 2008, a taxa anual de expansão mais fraca desde a última recessão anual em 1993.

Leia tudo sobre: espanha

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG