Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Em pregão volátil, Bolsa abre em baixa, mas vira e sobe

A Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) começou o pregão de hoje sem mostrar a disposição de alta dos últimos três pregões, que recolocaram o Índice Bovespa na rota dos 56 mil pontos. Porém, instantes após a abertura, o indicador inverteu o sinal de baixa, apresentado na abertura, e passou a operar em alta, indicando que o pregão de hoje deve ser volátil.

Agência Estado |

Às 10h10 (de Brasília), o indicador subia 0,22%, a 56.058 pontos, na máxima do dia até o momento. Na mínima, o índice caiu 0,27%, a 55.782 pontos.

As matérias-primas (commodities) em baixa, sobretudo o petróleo e os metais básicos, pressionam o Ibovespa, enquanto nos Estados Unidos e na Europa os investidores comemoram o recuo dos preços. Com isso, a percepção é de que o dia deve ser marcado pela volatilidade nos negócios.

Enquanto isso, os investidores aguardam o discurso que o presidente do Federal Reserve (Fed, o banco central americano), Ben Bernanke, fará às 11 horas (de Brasília) sobre estabilidade financeira, durante o simpósio econômico anual do Fed de Kansas City em Jackson Hole (Wyoming). Sem indicadores econômicos na agenda americana, Bernanke é o foco das atenções de hoje.

Ao mesmo tempo, os investidores seguem atentos à evolução das notícias sobre o setor financeiro em nível global e sobre o petróleo, aqui no Brasil. Há ainda expectativa em relação a Petrobras também por conta da notícia de que o governo pediu à companhia para desfazer a venda de parte de uma mina de silvinita, da qual se extrai o potássio, para a empresa canadense Falcon. O negócio era estimado em US$ 150 milhões, conforme divulgado ontem à noite após o encerramento do pregão. A Petrobras confirmou o cancelamento, mas não comentou a pressão do Planalto nem deu valores e datas da transação.

A venda da mina teria contrariado o governo, pois o potássio é a matéria-prima utilizada para fabricar fertilizantes - insumo considerado estratégico para o País manter sua posição de líder na produção agrícola mundial. No mesmo horário citado acima, as ações ordinárias (ON) e preferenciais (PN) da estatal petrolífera subiam 0,44% e 0,59%, respectivamente.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG