Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Em meio a muitas mudanças, Alitalia cancela 70 vôos por protesto de funcionários

A companhia aérea italiana Alitalia anunciou nesta quinta-feira o cancelamento de 70 vôos, entre eles 38 internacionais, no aeroporto de Roma-Fiumicino, em conseqüência de um protesto do pessoal de terra da empresa, indicaram fontes aeroportuárias.

AFP |

Segundo a agência de notícias Telenews, os vôos foram cancelados devido a uma manifestação dos funcionários encarregados da manutenção e do abastecimento das aeronaves, que teme perder seu emprego quando a nova Alitalia for lançada.

A nova companhia Alitalia, adquirida em dezembro por um consórcio de empresários italianos, será inaugurada oficialmente no dia 13 de janeiro.

Os novos proprietários da empresa, que a salvaram da bancarrota, orquestraram uma fusão com a segunda maior companhia aérea italiana, a Air One, e anunciaram um plano industrial que inclui a eliminação de 3.250 postos de trabalho.

A nova Alitalia funcionará com uma rede mais limitada, com conexões para 70 destinos, 23 nacionais, 34 internacionais e 13 intercontinentais, com 670 vôos diários ao invés dos 1.050 do passado.

Em breve, a Alitalia também deve assinar um acordo com a franco-holandesa Air France-KLM, com o objetivo de estabelecer uma aliança internacional.

A imprensa especializada calcula que a Air France-KLM deva desembolsar cerca de 300 milhões de euros para adquirir 25% da Alitalia.

bur-kv/ap

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG