Gazeta e JB deixam o IVC - Home - iG" /
Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Em meio a auditoria, Gazeta e JB deixam o IVC

A Gazeta Mercantil e o Jornal do Brasil, que pertencem à Companhia Brasileira Multimídia (CBM), do empresário Nelson Tanure, não fazem mais parte do Instituto Verificador de Circulação (IVC), entidade que audita a circulação de jornais e revistas no País. O pedido de desfiliação foi feito após uma tentativa do IVC de apurar supostas irregularidades nos números de circulação informados pela empresa.

Agência Estado |

Auditores do órgão encontraram dificuldades para verificar as informações nos parques gráficos da companhia. Segundo o IVC, as auditorias não chegaram a ser concluídas por causa do pedido de desfiliação.

Na semana passada, o diretor-geral da BrasilLog, empresa de distribuição que faz parte do grupo CBM, André Tanure, afirmou ao jornal Valor Econômico que os jornais optaram por não ser mais filiados ao IVC porque o grupo não teria mais interesse em medir a audiência nos moldes do instituto, pois estaria mais interessado na audiência dos seus jornais e na qualificação dos leitores, e não mais na quantidade.

Segundo André, que é sobrinho de Nelson Tanure, a CBM estaria desenvolvendo um trabalho com a empresa de auditoria e consultoria KPMG "para mostrar ao mercado novos conceitos" de medição da audiência. A KPMG, no entanto, nega a informação. "A KPMG não está desenvolvendo nenhum trabalho para a CBM", ressaltou a empresa, em nota para o Estado. Procurado pela reportagem para comentar o assunto, por telefone, André Tanure não ligou de volta.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG