Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Em dia de poucos negócios, dólar cai 0,46% e fecha a R$ 2,332

SÃO PAULO - O feriado em Wall Street esvaziou o mercado de câmbio brasileiro nesta segunda-feira, limitando o número de negócios e distorcendo a formação da taxa. A explicação é do operador da Dascam Corretora de Câmbio, Luiz Fernando Moreira.

Valor Online |

Confirmando a percepção do operador, o giro interbancário foi de US$ 562 milhões, quase cinco vezes menor que os US$ 2,53 bilhões da sexta-feira.

Apesar da instabilidade externa, a moeda norte-americana operou em baixa contra o real durante todo do pregão, fechando a R$ 2,330 na compra e na R$ 2,332 na venda, queda de 0,46%.

O Banco Central voltou a vender moeda no mercado à vista, a R$ 2,3301, e também rolou integralmente um lote de 51 mil contratos de swap que vencem em fevereiro, movimentando US$ 2,51 bilhões. A autoridade monetária também comunicou que sondará o mercado ainda hoje para novo leilão de swap na terça-feira.

Na roda de "pronto" da Bolsa de Mercadorias e Futuros (BM & F), a moeda teve desvalorização de 0,47%, fechando também a R$ 2,332. O giro financeiro somou US$ 143 milhões, 40% menor que o observado na sexta-feira.

Segundo Moreira, os negócios realizados ao longo do dia foram bastante restritos, com as empresas esperando o retorno dos negócios em Wall Street para fechar suas operações de câmbio. Outro sinal da falta de giro foi a estreita banda de oscilação, que ficou entre R$ 2,312 na mínima e R$ 2,342 na máxima.

Na avaliação do operador, a taxa deve ficar entre R$ 2,35 a R$ 2,40 no curto prazo, com tendência de alta, caso o noticiário externo no decorrer da semana resulte em maior aversão ao risco.

Ainda de acordo com o especialista, a esperada redução na taxa básica de juros no mercado brasileiro não deve influir na formação do câmbio, pois mesmo com corte na Selic o juro permanecerá bastante elevado, atraindo recursos externos para operações de arbitragem.

(Eduardo Campos | Valor Online)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG