Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Eletrobrás voltará ao BNDES para financiar usina

O presidente da Eletrobrás, José Antonio Muniz, disse ontem que a companhia deve apresentar até o início de dezembro novo pedido de financiamento do BNDES para a construção da Usina Hidrelétrica de Serra do Facão, projeto incluído no Plano de Aceleração do Crescimento (PAC). O empréstimo foi suspenso pelo banco após uma mudança societária no consórcio responsável pela obra, como noticiou o Estado ontem.

Agência Estado |

O empréstimo foi aprovado pelo banco em agosto do ano passado, mas suspenso depois da entrada da Gallway Projetos em Energia no consórcio, comprando fatia que pertencia à Oliveira Trust - os outros sócios são Alcoa, Camargo Corrêa, DME Energética e Furnas. O banco não comenta o assunto, mas fontes próximas ao projeto afirmam que a Gallway, controlada por uma companhia com sede na Holanda, não passou pelos rígidos controles do banco de fomento.

A entrada da Gallway não foi divulgada por Furnas. Indagado sobre o tema, o presidente da Eletrobrás disse que não sabe detalhes da transação porque não estava no cargo em janeiro, quando a empresa entrou no projeto. Após a negativa do BNDES, a fatia da Gallway, que equivale a 25% do empreendimento, foi comprada por Furnas.

"Agora volta a fazer sentido tentar o financiamento do BNDES", afirmou o presidente da Eletrobrás, que classificou o desfecho como " um alívio", já que a Gallway estava sendo um "estorvo" na tramitação burocrática da obra. A Gallway foi à Justiça cobrar do banco as razões pela suspensão do empréstimo. Tratava-se do único projeto energético de grande porte da companhia.

A Usina Serra do Facão tem investimento de R$ 770 milhões, dos quais o BNDES financiaria R$ 540 milhões. Além de Furnas, participam no empreendimento Alcoa, DMEE e Camargo Corrêa Cimentos S/A. Muniz afirmou que a obra, localizada na divisa de Goiás com Minas Gerais, está em dia com seu cronograma porque as consorciadas estão colocando dinheiro próprio no negócio. Incluída entre as dez usinas hidrelétricas da lista do PAC para o Centro-Oeste, a usina Serra do Facão tem potência de 210 megawatts (MW).

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG