Tamanho do texto

O presidente da Eletrobrás, José Antonio Muniz Lopes, afirmou hoje que a estatal encaminhou ao Banco Mundial um pedido de financiamento de US$ 500 milhões para o processo de reestruturação da estatal. Acredito que não haverá dificuldade para obtenção do financiamento, mesmo com a crise financeira atual, porque os recursos do Banco Mundial são pontuais, disse o executivo depois de encerrar o 3º Seminário Internacional do Setor de Energia Elétrica, na UFRJ.

Um dos principais objetivos da reestruturação da empresa, para a criação da "Nova Eletrobrás", é transformá-la na terceira maior distribuidora de energia do País em número de consumidores, num processo de integração de atividades, que inclui geração, transmissão e comercialização de energia.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.