Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Eletrobrás pagará dividendos retidos no fim dos anos 70

O diretor Financeiro e de Relações com Investidores da Eletrobrás, Astrogildo Quental, afirmou que a estatal irá realizar um aumento de capital para pagar os dividendos retidos pela companhia no final da década de 1970 e início dos anos 1980. Segundo o executivo, a operação pode ocorrer ainda este ano ou no início de 2009.

Agência Estado |

"Acreditamos que pode ocorrer até setembro de 2008. Se passar disso, ficará para o próximo ano. Mas a probabilidade de sair em 2008 é alta", explicou o DRI durante encontro com analistas e investidores promovido pela Apimec-SP.

A dívida dos dividendos retidos totaliza R$ 8,5 bilhões, sendo que a União tem direito a receber um valor superior a R$ 4 bilhões. Do montante total, R$ 1,8 bilhão representa o passivo com os acionistas minoritários, que, segundo Quental, serão pagos em dinheiro. "Devemos também pagar em dinheiro entre R$ 1,5 bilhão e R$ 1,8 bilhão ao Tesouro", acrescentou o executivo. Considerando os valores anunciados, a emissão de ações poderia chegar a R$ 5 bilhões.

De acordo com o executivo, a data da operação depende do orçamento da União. Existe a expectativa de que a receita que o Tesouro Nacional irá receber da operação entre no orçamento deste ano. "Para o Tesouro receber esse dinheiro, a receita precisa estar incluída no orçamento", explicou o executivo.

Quental contou que já houve uma reunião interna entre as partes, que contou com o suporte da Procuradoria da Fazenda e do Ministério do Planejamento, para que a receita dos dividendos retidos pudesse entrar na revisão do orçamento da União de 2008. Outro fator que pode levar a operação para 2009 é que o prazo de liquidação efetiva demora 90 dias. Se não houver uma definição até setembro, dificilmente a liquidação ocorreria a tempo para este ano.

Quental explicou que a companhia não tem condições de pagar toda dívida em dinheiro porque isso comprometeria a capacidade de investimento da empresa e dificultaria o cumprimento do esforço de superávit primário da companhia, que é da ordem de R$ 1,4 bilhão por ano.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG