Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Eletrobrás: acordo sobre dividendos está próximo

O presidente da Eletrobrás, Luiz Antonio Muniz Lopes, afirmou hoje que a empresa está próxima de alcançar um entendimento com o Tesouro Nacional para o pagamento de dividendos retidos pela companhia entre o final da década de 70 e o início dos anos 80. Os entendimentos entre os Ministérios de Minas e Energia e da Fazenda estão bastante adiantados.

Agência Estado |

Mas quem vai dar a notícia, no momento adequado, será o ministro Edison Lobão", afirmou o executivo, após participar de encontro na Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp). Segundo Lopes, a expectativa é de que o acordo seja anunciado até o final do ano. "Esse é o nosso desejo", disse.

A dívida dos dividendos retidos totaliza R$ 8,5 bilhões, sendo que a União tem direito a receber um valor superior a R$ 4 bilhões. Na última quarta-feira, durante encontro com investidores promovido pela Associação dos Analistas e Profissionais de Investimento do Mercado de Capitais (Apimec), o diretor Financeiro e de Relações com Investidores da companhia, Astrogildo Quental, disse que a empresa fará um aumento de capital para pagar os dividendos. A notícia provocou forte valorização dos papéis da Eletrobrás na Bovespa.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG