Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Electronic Arts anuncia quinto prazo para acionistas da Take-Two aceitarem proposta de US$ 2 bi

SÃO PAULO - A desenvolvedora de jogos eletrônicos Electronic Arts (EA) anunciou hoje ter estendido até o próximo dia 18 de agosto sua proposta de compra da rival Take-Two. Essa é a quinta vez que a companhia aumenta o prazo para tentar adquirir a concorrente.

Valor Online |

A EA ofereceu, em março deste ano, pagar US$ 26 por ação da Take-Two, valor que posteriormente foi ajustado para US$ 25,74 por ação. O valor total da proposta é de cerca de US$ 2 bilhões.

Segundo a EA, desde o lançamento, uma participação equivalente a 11,741 milhões de ações já foi comprometida com a proposta e não retirada. De acordo com a Take-Two, esse volume seria correspondente a apenas cerca de 15% do capital da companhia.

Em um comunicado oficial ao mercado no início deste mês, a EA havia dito que não prorrogaria mais o prazo em virtude de uma análise anti-truste iniciada pela Comissão Federal de Comércio (FTC, na sigla em inglês) dos EUA. Com a extensão, porém, ela permanece sujeita à análise do órgão regulador.

Segundo a EA, a transação ainda depende de certas condições, sendo uma delas a aprovação por agências regulatórias.

Do lado da Take-Two, o presidente do conselho Strauss Zelnick afirmou que a direção da empresa continua unânime em recomendar que os acionistas não aceitem a proposta da EA.

Estamos totalmente engajados em um processo formal para avaliar as alternativas estratégicas que tenham o potencial de nos gerar um valor muito maior que a oferta inadequada da EA, disse o executivo em comunicado.

Segundo ele, a empresa continua negociando com vários interlocutores para encontrar uma saída que a preserve da fusão com a EA e melhore seus resultados.

A EA é conhecida principalmente por seus jogos de esportes, como Fifa Soccer e Madden Football, além de títulos populares como Sim City e The Sims. Já a Take-Two é a desenvolvedora por trás de jogos como Grand Theft Auto, Bully e Civilization.

(José Sergio Osse | Valor Online)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG