Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Efeito do dólar faz Perdigão ter prejuízo de R$ 25 milhões no 3º tri

SÃO PAULO - Apesar de ter registrado uma forte alta nas vendas, a Perdigão fechou o terceiro trimestre com um prejuízo líquido de R$ 25,4 milhões, ante lucro de R$ 90,2 milhões no mesmo período do ano passado. Segundo a empresa, o efeito contábil da alta do dólar na dívida em moeda estrangeira acabou afetando a última linha do balanço, embora isso não tenha impacto no caixa da companhia.

Valor Online |

Turbinado pelas aquisições recentes, com destaque para a compra da Eleva, o faturamento da Perdigão saltou 80,4% na comparação anual, tendo saído de R$ 1,933 bilhão no terceiro trimestre de 2007 para R$ 3,487 bilhões no mesmo período deste ano. A receita vinda das exportações cresceu 70%, para R$ 1,396 bilhão, enquanto as vendas no mercado interno subiram 88%, para R$ 2,090 bilhões. Após impostos, a receita líquida da companhia mostrou expansão de 83,3%, para R$ 3,040 bilhões.

Já os custos saltaram ainda mais, 102%, para R$ 2,353 bilhões. Segundo a empresa, esse crescimento se explica pelo volume maior de compra de matérias-primas e também pela alta de preços de produtos como milho e farejo de soja.

Desta forma, o lucro bruto teve uma expansão menor, de 38,7%, para R$ 686 milhões.

O ganho da empresa medido pelo Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) foi de R$ 274,9 milhões no trimestre, com alta de 20,7% sobre o desempenho do mesmo período de 2007.

No resultado financeiro, o grande peso veio do efeito da alta de 20% do dólar no trimestre sobre a exposição líquida de aproximadamente US$ 700 milhões que a empresa possui em moeda estrangeira. Este efeito gerou uma despesa financeira sem efeito no caixa de R$ 200 milhões no terceiro trimestre.

Segundo a empresa, a exposição de US$ 700 milhões está dentro dos limites previstos pela administração e equivale a cerca de três meses de vendas externas. A Perdigão diz que esse efeito será "plenamente coberta pelas exportações", sendo que parte desta diferença já foi contabilizada no terceiro trimestre o restante deve aparecer nos números do quarto.

Leia mais sobre Perdigão

Leia tudo sobre: lucros

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG