Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Economia norte-americana fecha 533 mil postos de trabalho em novembro

NOVA YORK - A economia norte-americana registrou uma redução de 533 mil postos de trabalho em novembro. A taxa de desemprego avançou para 6,7%, segundo dados divulgados nesta sexta-feira pelo Departamento do Trabalho. Este é o maior corte de vagas desde dezembro de 1974, e a taxa de desemprego é a maior desde 1993.

Redação com agências |

 

O mês de novembro confirma uma série de 11 meses de queda no nível de emprego. No último levantamento de outubro, a taxa de desemprego ficou em 6,5% da população economicamente ativa. Os números ressaltam a severa retração das empresas diante da economia em crise e do crédito reduzido.

Com o resultado de novembro, os cortes de postos de trabalho feitos nos últimos três meses já somam 1,2 milhão, contabilizando as revisões feitas pelo Departamento do Trabalho nos números de outubro e de setembro.

Em outubro, o número de vagas cortadas subiu para 320 mil, sendo que o primeiro dado indicava 240 mil postos de trabalho fechados. Já em setembro, este número fica na casa das 403 mil vagas.

O salário médio por hora trabalhada nos EUA aumentou US$ 0,07, ou 0,4%, em novembro, chegando em US$ 18,30, informa o Departamento do Trabalho. Embora esse aumento tenha sido maior do que o previsto por economistas, que indicavam uma alta de 0,2%, o avanço em relação ao ano anterior foi de apenas 3,7%. As horas médias trabalhadas por semana caíram para 33,5 horas, de 33,6 horas no mês passado.

No comunicado oficial, consta que as perdas de emprego em novembro foram grandes e generalizadas nos principais setores industriais.

(Com informações do Valor Online, Agência Estado e AFP)

Leia também

 

Para saber mais

 

Serviço 

 

Opinião

 

Leia mais sobre emprego

Leia tudo sobre: emprego

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG