Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Economia japonesa piora, diz o Governo do país

Tóquio, 5 jan (EFE).- O ministro japonês de Finanças, Shoichi Nakagawa, assegurou hoje que a segunda economia do mundo está piorando por causa da crise global, que provocou uma queda das exportações, produção e consumo no Japão.

EFE |

Nakagawa discursou na abertura de sessões da Dieta (Parlamento), de 150 dias de duração, que terá como principal incumbência o debate e aprovação do orçamento adicional para 2008 e o ordinário de 2009.

O projeto governamental de orçamento para o ano fiscal 2009, que vai terminar em março de 2010, representa um recorde de 88,55 trilhões de ienes (cerca de US$ 975 bilhões) e inclui medidas contra a crise econômica.

Previamente, o Governo de Taro Aso quer aprovar o orçamento adicional para este ano fiscal, que termina em março deste ano e chega a 4,79 trilhões de ienes (US$ 52,075 bilhões).

Esse orçamento inclui um controvertido plano para devolver dinheiro vivo aos contribuintes, por um total de dois trilhões de ienes (US$ 21,675 bilhões), que foi inclusive contestado por membros do partido governamental PLD e rejeitado frontalmente pela oposição.

Na primeira sessão da Dieta, aberta com pompa pelo imperador Akihito, discursou o ministro das Finanças, que defendeu uma rápida aprovação das iniciativas econômicas perante a seriedade da crise.

"A economia do Japão se viu negativamente afetada por esta crise e está piorando, com queda nas exportações e na produção, e um desabe do consumo", apontou Nakagawa.

"Os mercados financeiros de todo o mundo estão imersos em uma crise que só acontece a cada cem anos e, devido a isso, estamos vendo uma recessão econômica em escala global", acrescentou. EFE psh/ma

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG