SÃO PAULO - A economia japonesa contraiu-se 0,6% entre abril e junho em relação aos três meses antecedentes, respeitando ajuste sazonal. Em uma base anualizada, o Produto Interno Bruto (PIB) japonês encolheu 2,4%, a primeira retração em um ano.

O desempenho da atividade econômica do Japão foi afetado pelos altos preços da energia, das matérias-primas e dos alimentos, que acabaram afetando tanto consumidores como empresas.

De janeiro a março ante os três meses antecedentes, a economia japonesa cresceu 0,8% e não 1% como o comunicado originalmente.

(Juliana Cardoso | Valor Online, com agências internacionais)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.