Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Economia espanhola cairá 1,6% em 2009, primeira queda em 16 anos

Madri, 16 jan (EFE).- A economia espanhola em 2009 cairá pela primeira vez em 16 anos, perdendo 1,6%, e a crise fará com que neste ano as contas públicas tenham um déficit de 5,8% do PIB, segundo as previsões do Governo.

EFE |

Em 2009 os postos de emprego diminuirão 3,6%, enquanto o investimento registrará uma forte queda, de 9,3%, e o consumo privado também cairá, em 1,5 %.

Em entrevista coletiva após a habitual reunião do Conselho de Ministros das sextas-feiras, a primeira vice-presidente do Governo espanhol, María Teresa Fernández de la Vega, disse que 2009 "não será um ano fácil, mas sairemos reforçados desta crise".

O Governo da Espanha acredita que 2008 fechou com um avanço econômico de 1,2% e um déficit de 3,4% do PIB, e calcula que o país voltará a crescer em 2010, novamente em 1,2%, embora ainda com um déficit público de 4,8% do Produto Interno Bruto.

Para o ano 2011, o Governo espanhol já espera que a economia cresça 2,6% e acredita que seguirá havendo déficit nas contas públicas, embora menor, de 3,9 % do PIB, segundo a revisão do Programa de Estabilidade 2008-2011 prevista pelo Conselho de Ministros. EFE eco/jp

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG