SÃO PAULO - O secretário do Tesouro americano, Henry Paulson, disse que a economia do país precisará de meses para se recuperar da alta dos preços dos combustíveis, da desvalorização dos imóveis e da crise nos mercados financeiros. Atravessamos momentos desafiadores em nossa economia. Vamos viver um período de crescimento lento durante algum tempo. Acho que levaremos meses para sair desta fase , afirmou à rede de TV CBS.

Apesar do cenário pouco animador, o secretário do Tesouro se mostrou confiante na aprovação, dentro do Congresso, de uma série de medidas propostas pelo Governo para ajudar as gigantes de financiamento imobiliário Fannie Mae e Freddie Mac. O Congresso entende a importância destas instituições , disse Paulson, que afirmou estar muito otimista quanto ao sinal verde que o governo espera para ajudar as entidades.

O secretário quer que o Congresso autorize o Tesouro a adquirir participações na Fannie Mae e na Freddie Mac - que representam quase a metade do mercado de financiamento residencial dos EUA - e a ampliar as linhas de crédito estatais oferecidas às duas companhias.

O presidente dos EUA, George W. Bush, disse que as duas empresas têm um papel central no sistema de financiamento residencial e são fundamentais na concessão de créditos em momentos difíceis como o atual.

Leia mais sobre economia dos EUA

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.