Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Economia dos EUA pode perder 2 milhões de empregos em 2009

NOVA YORK - A economia dos Estados Unidos poderia perder dois milhões de empregos este ano, que se somariam aos mais de 2,5 milhões de postos de trabalho eliminados em 2008, de acordo com cálculos do instituto The Conference Board. O levantamento foi divulgado nesta segunda-feira.

EFE |

O índice de tendências de emprego elaborado pela entidade privada para tentar antecipar a evolução do mercado de trabalho nos Estados Unidos foi de 99,6 pontos em dezembro, o que representa uma queda de 1,6% em relação ao mês anterior e de 16% frente ao mesmo período de 2007.

"Essa forte queda do índice de emprego sugere que o número de empregos perdidos poderia aumentar em outros dois milhões", explicou o economista Gad Levanon, do The Conference Board, na divulgação dos dados da entidade.

O índice de emprego mostrou uma persistente tendência de baixa durante quase um ano e meio nos oito indicadores considerados em sua elaboração e que incluem dados oficiais e independentes.

Nos últimos seis meses, a redução foi percebida particularmente no trabalho temporário e nas contratações a tempo parcial, segundo o analista.

"A contínua deterioração do índice aponta que não se espera uma recuperação do mercado de trabalho em um futuro próximo", afirmou Levanon.

Os dados oficiais de emprego divulgados na sexta-feira passada pelo Departamento de Trabalho mostraram que a economia dos Estados Unidos perdeu 524 mil empregos no mês passado e outros 584 mil em novembro.

Ao mesmo tempo, em dezembro a taxa de desemprego aumentou quatro décimos em relação ao mês anterior, até 7,2% no fim do ano.

Leia tudo sobre: emprego nos eua

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG