Tamanho do texto

SÃO PAULO - A taxa de desemprego nos Estados Unidos atingiu o nível mais alto em cinco anos ao exceder 6% em agosto e causou surpresa entre muitos economistas, que esperavam uma leitura de 5,7%, a mesma registrada em julho.

No mês passado, a economia americana perdeu 84 mil postos de trabalho, seguindo um corte de 60 mil vagas em julho (número revisto). A projeção de muitos economistas era de uma perda de 75 mil empregos.

Pelos dados oficiais divulgados nesta manhã pelo governo dos EUA, o nível de desemprego ficou em 6,1% em agosto, a taxa mais elevada desde setembro de 2003.

(Valor Online)