Segundo uma assessora econômica de Obama, governo deve tomar medidas para impedir crise no mercado de trabalho

WASHINGTON - A economia dos Estados Unidos começou a sair de sua pior recessão desde a Grande Depressão de 1930, mas medidas ainda precisam ser tomadas pelo governo federal para impedir que haja uma crise no mercado de trabalho, disse neste domingo uma assessora econômica sênior do presidente Barack Obama, Christina Romer.

"O que precisamos agora não é retirar ajuda, mas ampliar ações específicas que ajudarão o setor privado a se recuperar com mais força", disse a presidente do Conselho de Assessores Econômicos da Casa Branca, Christina Romer, em discurso em cerimônia de abertura no campus da College of William and Mary em Williamsburg, Virginia.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.