Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Economia da zona do euro está em recessão, afirma relatório

A economia na zona do euro (15 países europeus que compartilham a moeda) já está em recessão e deve permanecer estável na maior parte de 2009, de acordo com um relatório da Comissão Européia, braço executivo da União Européia (UE), divulgado nesta segunda-feira.

Agência Estado |

 

A entidade acrescentou que os mercados financeiros ainda estão em condições "precárias", trazendo riscos significativos para as perspectivas econômicas.

Segundo a Comissão Européia, a zona do euro encontra-se em uma recessão técnica, já que a economia da região sofreu uma retração no segundo e no terceiro trimestres deste ano, mas ainda deve encerrar 2008 com expansão de 1,2%, ante 1,7% previstos em abril.

Para os 27 países da União Européia, a Comissão espera expansão de 1,4% este ano, em comparação à previsão anterior de 2%.

A economia da zona do euro deve crescer apenas 0,1% em 2009, enquanto na União Européia a expansão deve chegar a 0,2%. No entanto, caso o prêmio de risco aumente e a oferta de crédito para as famílias diminua, a economia da zona do euro pode entrar em uma "recessão absoluta", com retração de 1% no ano que vem.

Em 2010, a Comissão prevê que a economia da zona do euro deve crescer 0,9%, enquanto a União Européia deve avançar 1,1%.

As projeções recentes mostram um forte impacto da crise financeira na UE, apesar das previsões de que o bloco sobreviveria à turbulência com menos seqüelas do que os Estados Unidos.

Em abril, a Comissão Européia estimou crescimento econômico de 1,5% na zona do euro em 2009 e de 1,8% para a UE. As informações são da Dow Jones.

Leia tudo sobre: ue recessão

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG